Justiça de SP decide que não incide PIS e Cofins sobre receitas financeiras.

Justiça de SP decide que não incide PIS e Cofins sobre receitas financeiras.

Liminar entende que governo não poderia ter restabelecido, por decreto, a cobrança dos tributos. A Justiça Federal de São Paulo decidiu, em liminar, suspender a incidência do PIS e da Cofins sobre as receitas financeiras da empresa Cinépolis Operadora de Cinemas do Brasil. Para o juiz Jose Henrique Prescendo, da 22ª Vara Cível Federal de São Paulo, oLeia mais sobreJustiça de SP decide que não incide PIS e Cofins sobre receitas financeiras.[…]